Nasci numa terra que predominam o vento e a areia.
Onde o sol inclemente castiga a pele dos que lá habitam.
E a sequidão é o ambiente natural na natureza.
O mar de águas verdes é quase toda água que se tem.

Pessoas fortes habitam a terra onde nasci.
De pele seca e almas de guerreiros.
De olhos cansados são sobreviventes
Pois sobrevivem na aridez de um deserto com plantas.

Nasci numa terra onde os espinhos predominam.
Que suas plantas são quase sempre nuas de folhas.
E o mínimo de chuva lhes traz de volta o verde.
Verde que no sertão é felicidade…
Felicidade breve.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s