O ranger das árvores que dançam ao sabor do vento. O eterno girar da vida. Os altos e baixos de tudo o que nos acontece. O medo da morte. A sucessão dos fatos da vida. Do sorriso à lágrima, da dor à alegria. O anjo da vida e o da morte. O medo da vida. O olhar daqueles que nos julgam medíocres e não percebem a mediocridade de si mesmos.

Sonhos que assombram nossas noites, a polução noturna. O anseio de viver. O desperdício de ser. O verde da grama. O alanranjado do sertão. O cinza das águas.

Saber e desconhecer. O mistério e o revelado. A contradição, a ironia. Ao sarcasmo… À mentira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s