Resumo: ALGUNS ASPECTOS DO CONTO

Para Cortazar existem algumas constantes, certos valores que se aplicam a todos os contos, valores esses que lhes conferem a individualidade e qualidade de obra de arte. De difícil conceituação, o conto surge, como um conjunto de fatos que trabalham conjuntamente com a liberdade e a capacidade de síntese do artista. Cito a liberdade pois ao conto não se aplicam leis e síntese, segundo a analogia do autor, o romance é como o cinema e o conto como uma fotografia. O conto é um recorte, um fragmento da realidade, com limites determinados, porém com a força para abrir essa realidade captada pela lente da câmera. Como na fotografia, o conto é a escolha de uma imagem ou acontecimento significativo capaz de atuar não apenas em si mesmo mas no leitor. O contista não pode proceder cumulativamente, pois o conto insere em si um limite, ele traz uma noção de condensação de tempo e espaço, submetido a uma “alta pressão espiritual e formal para provocar essa ‘abertura’”. Ao conto pertence uma certa pressão no leitor desde as primeiras cenas.

Assim, o principal elemento do conto é o tema. A escolha do tema desde um acontecimento fantástico, dramático ou até mesmo um momento banal do cotidiano deve ser convertido a um “resumo implacável de uma certa condição humana.”

“Um conto é significativo quando quebra seus próprios limites com essa explosão de energia espiritual que ilumina bruscamente algo que vai muito além da pequena e às vezes miserável história que conta.”

Um tema às vezes é escolhido pelo autor, por vezes o autor se sente impelido a escrever. Um bom tema é um núcleo e os acontecimentos giram em torno desse único ponto, essa gravidade atrai os acontecimentos para si, fazendo suspeitar ao leitor uma realidade mais vasta. Algo que parece pequeno, porém que se espalha e nos faz transcender os limites do conto. Como em se tratando de contos nada é absoluto, o tema não é significativo por si só, o que existe é essa ligação entre o escritor e certo tema em determinado momento e entre certos contos e certos leitores. Dessa forma temos o contista e sua bagagem de vivências tentando criar uma obra, em seguida o tratamento que se dá a essa obra, ou seja, o desenvolvimento do tema. Podemos inferir que todo conto é predeterminado pelo que causa ao escritor, assim o conto tem que “nascer ponte” para que essa emoção seja transportada ao leitor.

Um bom contista tem que saber causar esse sentimento de “sequestro”, de arrebatamento no leitor, que segundo Cortazar é atingido usando um estilo baseado na intensidade e tensão. Intensidade se dá na eliminação do supérfluo, dos floreios, deve-se ater ao que é necessário para o desenvolvimento do tema. A tensão é a forma que autor tem de nos aproximar do tema, daquilo que o autor nos conta, a atmosfera do conto. Ambos os aspectos, intensidade e tensão, são, de fato, o oficio do escritor, é a demonstração mais clara de suas capacidades como contista. No entanto Cortazar enfatiza que essa arte, para ele, deve vir da vivência do escritor, pois se lhe faltar um motivação “entranhável” a obra não passará de exercício estético. O escritor deve estar totalmente comprometido com o que escreve, pois dessa forma garantirá a verdade que quis transmitir ao leitor. O conto deve ser como se apresenta ao escritor que não deve recear não ser aceito já que há um universo enorme de leitores, esses saberão distinguir a forma mais simples ou mais complexa, mais que o obrigará a evadir-se de sua realidade. O conto, mesmo com temas populares, só será bom se se ajustaram aos aspectos citados anteriormente.

CORTAZAR, Julio. Alguns aspectos do conto. In: Valise de Cronópio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s